07 junho, 2011

Argumento

 escrever
envolver os lírios até enforcar meus pudores
empurrar o corpo para o grande salto da alma
estender o caos de uma palavra e descobrir a fúria das criações
enganar os algarismos até enlouquecer os copiadores e não mais haver tradução
embriagar as verdades absolutas ao ponto de despistar os chicotes e algemas  
elevar as pedras escondidas na inconsciência e atirá-las sobre as técnicas linguísticas
  errar na vida e vir aqui desolado pedir imenso perdão
explorar as sensações da estranha condição humana e nela derramar puro tesão  

quando você sabe que terminou de escrever?

quando?
  
não sei, quando você sabe que terminou uma transa? 





Por Bibi Serafim

2 comentários:

Lorrayne disse...

Parabéns Bibi, tenho certeza que seu livro alcançará êxitus! Sucesso, beijo

Anselmo Marinho disse...

Olá Bibi!

Parabéns! Espero que seja o início de muitas conquistas.

Siga-me também:

brevescronicas.blogspot.com

Att Anselmo